Feliz Natal e boas entradas em 2017

A equipa PoGoTuga deseja a todos um Natal cheio de felicidade junto daqueles que mais importam e que entrem com o pé direito no novo ano que se aproxima.

Durante a próxima semana (27 de Dezembro a 3 de Janeiro) é possível que o mapa esteja desligado durante uns dias porque quem trata de toda a parte técnica estará fora de Portugal. Pedimos desde já a vossa compreensão e esperamos voltar em força em 2017.

Boas caçadas, boas festas e um excelente ano novo!

Mudança de Spawnpoints

A Niantic voltou hoje de madrugada a fazer migração de nests e desta vez também houve alteração de spawnpoints. Em consequência desta mudança, grande parte dos dados que tínhamos na nossa base de dados tornaram-se inválidos obrigando-nos a desligar mais cedo e a fazer algumas modificações no software do mapa.

Spawnpoints correspondem a locais onde regularmente nascem Pokémon, os nossos scanners detetam estes locais e passam a saber exatamente a hora nasce lá um Pokémon. Desta forma torna-se possível saber exatamente o tempo que falta para o Pokémon desaparecer, o que permite uma estratégia de mapeamento mais eficiente realizando o scan quando sabe que irá lá estar um novo Pokémon.

Durante esta fase de mapeamento o número de CAPTCHAs irá ser muito elevado (cerca de 250 CAPTCHAs por hora). Para não irmos à falência nas próximas horas pedimos a ajuda da malta para resolver os CAPTCHAs. Vejam os tutoriais na página CAPTCHAs.

Nota: Às 18 horas começamos em fase de testes mas tivemos o azar de ter o IP do nosso servidor principal banido e portanto estamos apenas parcialmente a funcionar até implementar uma solução.

 

Mudança de Servidor

O nosso mapa tem estado com dificuldades em manter-se ligado por causa do elevado número de acessos e do tamanho considerável da nossa operação.

Com a ajuda daqueles que vão contribuindo com donativos já alugámos mais um servidor, desta vez um com mais recursos para gerir o mapa.

Os servidores DNS demoram algum tempo a atualizar para o novo IP e por isso peço que tenham alguma paciência.

Os captchas mantém-se, assim como a possibilidade da Niantic desligar a API antiga (0.45) a qualquer momento.

Ponto de Situação

Como devem ter reparado o nosso mapa tem estado desligado. Mesmo quando está em funcionamento não voltámos a conseguir dar a cobertura da semana passada.
Como já foi explicado neste artigo, os nossos scanners estão a receber uma quantidade enorme de Captchas o que torna insuportável o funcionamento a 100% do mapa. Ontem, dia 23, pagámos mais de 5$  para meia dúzia de horas de funcionamento.

Captchas

Estamos a trabalhar em alternativas mas nos próximos dias o serviço do mapa estará muito limitado isto é, se sequer estiver ligado.

Vamos aguardar e esperar que a comunidade “pirata” consiga de novo imitar a nova versão da API do jogo.

 

Paragem de emergência

A Niantic voltou a fazer das suas…

Durante a semana passada o Pokémon Go voltou a receber uma atualização passando para a versão 0.47.1. Esta atualização era esperada uma vez que cumpre o ciclo quinzenal que a Niantic parece seguir.

Normalmente, após a atualização do jogo existe um período, até agora relativamente longo, em os utilizadores não são obrigados a atualizarem para a nova versão, podendo continuar a jogar com a versão antiga.

Ontem, dia 20, por volta da meia noite foi forçada a atualização da API do jogo, algo que só era esperado no final do mês e que obriga todos os jogadores (reais e falsos) a utilizarem a nova versão do jogo.

force-update

Para prevenir que as contas Pokémon Go que utilizamos para mapear Lisboa sejam banidas decidimos desligar os scanners.

Parece que a Niantic tem acelerado o passo atrás dos botters e consequentemente os scanners/mappers que utilizamos são também afectados. Até hoje era comum existir um período de pelo menos 15 dias antes de forçarem a atualização e por isso era esperado que a versão 0.45 permanecesse válida até ao final do mês.

Vamos aguardar para ver como a situação evoluí. É esperado que a comunidade “pirata” consiga descobrir as diferenças para a nova versão num espaço de alguns dias. Vamos ter paciência e aguardar que haja novidades da comunidade pogodev.org.

PS – É escusado perguntarem uma data ou período para quando voltaremos a ligar os scanners porque não sabemos responder.

Horário de Funcionamento

13:00 – 04:00 Todos os dias

Os tempos em que podíamos deixar os scanners ligados 24h todos os dias infelizmente pertencem ao passado. Um dos mecanismos de proteção contra bots e mapas que a Niantic implementou foi a utilização de Captchas, algo que muitos de vocês já encontraram em vários sites na Internet.

reCAPTCHA v2

A finalidade dos Captchas é tentar distinguir os utilizadores verdadeiros (humanos) dos utilizadores simulados por um programa.

 

Já devem ter visto Captchas no final dos formulários de envio de mensagens/comentários de alguns sites. Neste caso, os Captchas previnem que as caixas de comentários sejam poluídas por mensagens publicitárias geradas por programas que navegam automaticamente pela Internet a espalhar spam.

Os Captchas são bastante eficazes porque são muito difíceis de resolver de maneira automática – como se ensina a um computador a reconhecer imagens que apresentam uma montra? O tipo de Captcha que o jogo utiliza que é a implementação oficial da Google: reCAPTCHA v2, sendo considerada por muitos como o Captcha mais sofisticado e eficaz.

Já sabemos há algum tempo que a Niantic tinha implementado esta proteção no seu jogo, mas só recentemente começou a afetar seriamente os mapas.

Por dia os nossos scanners recebem cerca 1200 Captchas o que nos obriga a recorrer a um serviço externo chamado 2Captcha para nos resolver os desafios que vão chegando. Este serviço tem um custo bastante significativo, sendo que neste momento gastamos uma média de 4€ por dia só para contornar este problema.

Posto tudo isto, deve ser fácil para o leitor perceber que não faz muito sentido ter os scanners ligados dia e noite. Para combater o elevado custo de manutenção implementámos um horário de funcionamento, existindo um período durante a madrugada em que os scanners estão desligados, mas continuam a poder aceder ao mapa para consultar estatísticas.

Tempos inválidos

Com as recentes alterações na API do PokémonGo, agora é impossível saber quanto tempo falta para o Pokémon desaparecer, excepto quando faltam menos de 90 segundos.

invalid-timers

Quando um pokémon aparece no mapa com a mensagem “Don’t trust this time!“, significa que realmente estava lá e faltava mais de 90 segundos para desaparecer. Na imagem que apresentamos como exemplo, a Staryu em questão foi vista há cerca de 3 minutos (15 min continua a ser o tempo standard que o Pokémon permanece no mapa após ser visto) – 15:00 – 11:52 ≈ 3min.

Assim já sabem o porquê de chegarem ao local onde Pokémon está assinalado no mapa e não encontram nada, significa que desapareceu antes de lá chegarem. O mapa tenta fazer “patrulhar” o mais rapidamente possível mas como a área que estamos a observar é grande não temos recursos para estar de 90 em 90 segundos a validar o Pokémon

prediction-timers

Com o tempo o mapa vai aprender a fazer predições e eventualmente descobre o tempo certo.

 

Spawnpoints mudaram

Parece que a Niantic voltou a mudar os locais onde os Pokémon nascem (Spawnpoints em inglês). Desde dia 6 de Outubro que os mapas já não estão em funcionamento devido a uma atualização os mecanismos de segurança, sendo que a única utilidade do mapa era mostrar os Spawnpoints. Com mudança de hoje, a base de dados do nosso mapa ficou desatualizada e para já ainda não existe maneira mapear Lisboa.

Mapa vai ficar desligado para não induzir ninguém em erro…